3

Gostar de ser professor



Toda a profissão tem suas especificidades e desafios diários. Mas quando gostamos daquilo que fazemos tudo se torna mais fácil. A docência é a arte de ensinar e a humildade em aprender. Os professores fazem uma escolha, que é a de estar com seus alunos e fazer das situações difíceis um trampolim para o sucesso.
Quando se é otimista entendemos que, a cada ano em sala, vamos melhorando nossa prática, fazendo mudanças, adequando posturas e reavaliando nossa maneira de ser professor.
Entendemos que dias ruins são precedidos por dias bons, que nada é para sempre e que não existe um só dia na escola que seja igual ao outro.  Na profissão de professor não existe a palavra rotina.
Existirão sempre na sala aqueles alunos brilhantes, que nos orgulham por sua capacidade de aprender, de família presente, críticos e atentos. Haverá aqueles alunos que apenas estão na sala fisicamente, mas seu pensamento vagueia por lugares que os professores jamais conseguirão chegar.
Tem aqueles alunos que não se contentam em não fazer nada, mas também não querem que ninguém mais faça, transformando a aula do professor num verdadeiro inferno (literalmente falando).
Uma miscelânea de indivíduos dividindo um mesmo espaço, cabendo ao professor reger esta orquestra desafinada. Será que existe alguma receita para que as coisas deem certo e no final do ano todos atinjam seus objetivos?
Uma das coisas que todo professor deveria repensar é a que todos os alunos são diferentes. De nada adianta querer que os mesmos se ajustem aos seus anseios e desejos, pois isto não vai acontecer. A diversidade existe e ponto final.
O primeiro e importante passo é conhecer seus alunos. Entender como a classe funciona e direcionar as aulas e os conteúdos para esta realidade. Deve existir o momento da conquista, de criar elo com a turma para que a convivência se torne mais leve. Conflitos sempre farão parte, mas vamos torná-los passageiros como as dores de um parto. Elas são fortes, mas a partir do momento em que o filho nasce tudo é esquecido e só o que fica é aquele amor incondicional.
Como é gratificante quando encontramos um ex-aluno que nos cumprimenta, relembra das nossas aulas e ri de alguns momentos vivenciados em sala. Como é bom quando percebemos que o aluno avançou e que este avanço é fruto do nosso empenho e dedicação.
Está na hora dos professores reinventarem sua prática docente, olharem os alunos com mais otimismo, fazer do espaço escolar um ambiente prazeroso e de boas amizades. Todos terão a ganhar com esta mudança de postura, uma vez que os salários recebidos não conduzem com o tamanho da nossa responsabilidade, porém, jogarmos nos alunos esta desvalorização não vai mudar este fato.  Desta forma, se ganhamos mal pelo menos teremos um ambiente ameno e tranquilo para trabalhar.  
A arte de ser professor é de transformar sua sala em um ambiente funcional, onde os alunos se sintam à vontade para perguntar e dar sua opinião. Jamais ter a pretensão de achar que todos os alunos aprenderão da mesma forma e no mesmo momento e principalmente, que todos vão gostar de você.
Aceitar algumas coisas fará com que um peso enorme saia dos ombros. Existem coisas que absolutamente não serão mudadas, pois não cabe ao professor querer. Dê o seu melhor, prepare suas aulas, olhe para seu aluno, escute-o e as coisas passarão a acontecer de maneira natural.
Leila Bambino

3 comentários:

Déia Crochês disse...

Olá!!! Sou do Agenda dos Blogs, e já estou aqui no seu cantinho.
Vem fazer parte do meu tb!! :)
www.dedecroche.blogspot.com.br
Déia crochês

Patricia Veríssimo disse...

Bom dia! do Agenda dos blogs, e já estou te seguindo!!!
Vem conhecer o meu tb, e se gostar pode ficar!!rsrsrs
http://patyverarts.blogspot.com.br/

Zélia Dantas disse...

Olá! Tudo bem?
Vi seu nome no Agenda dos Blogs e vim te visitar. Amei seu espaço e já estou te seguindo. Ficarei feliz com sua visita
Um abraço,
Zélia Dantas
http://zeliaplantas.blogspot.com.br
http://amorporart.blogspot.com.br

Postar um comentário

EU AMO CACHORROS

EU AMO CACHORROS
MINHA FILHOTA BABY

Visitas Recentes