0

Perguntas mais comum sobre as Dificuldades de Aprendizagem

1. Qual a diferença entre “Transtorno” e “Dificuldade” de aprendizagem?

A Dificuldade de Aprendizagem pode ser sanada com intervenções bem feitas por um professor/educador. Muitas vezes uma mudança de estratégia no método de ensino ou no contexto educacional basta para que o problema desapareça. O Transtorno de Aprendizagem é mais sério e compromete na maioria das vezes o sistema neurológico. Necessidade de maiores cuidados, podendo prolongar-se em toda a vida do indivíduo.

2. Quais são os transtornos de aprendizagem mais comuns?

 Dislexia: A dislexia é um distúrbio na leitura afetando a escrita, normalmente detectado a partir da alfabetização, período em que a criança inicia o processo de leitura de textos. Seu problema torna-se bastante evidente quando tenta soletrar letras com bastante dificuldade e sem sucesso.

Características: • Demora em aprender a segurar a colher para comer sozinho, a fazer laço no cadarço do sapato, pegar e chutar bola. • Atraso na locomoção. • Atraso na aquisição da linguagem. • Dificuldade na aprendizagem das letras. • Inversões de sílabas: em/me, sol/los, las/sal, par/pra. • Adições ou omissões de sons: casa lê casaco, prato lê pato. • Ao ler pula linha ou volta para a anterior. • Soletração defeituosa: lê palavra por palavra, sílaba por sílaba, ou reconhece letras isoladamente sem poder ler. • Usa os dedos para contar.

Disgrafia : Também chamada de letra feia. Isso acontece devido a uma incapacidade de recordar a grafia da letra. Ao tentar recordar este grafismo escreve muito lentamente o que acaba unindo inadequadamente as letras, tornando a letra ilegível.

Características • Lentidão na escrita. • Letra ilegível. • Escrita desorganizada. • Traços irregulares: ou muito fortes que chegam a marcar o papel ou muito leves. • Desorganização geral na folha por não possuir orientação espacial. • Desorganização do texto, pois não observam a margem parando muito antes ou ultrapassando. Quando este último acontece, tende a amontoar letras na borda da folha.

TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade

Características • Não consegue prestar muita atenção a detalhes ou comete erros por descuido nos trabalhos da escola ou tarefas. • Tem dificuldade para organizar tarefas e atividades • Distrai-se com estímulos externos • Mexe com as mãos ou os pés ou se remexe na cadeira • Interrompe os outros ou se intromete (p.ex. mete-se nas conversas / jogos).

 3. Em qual fase os pais e o professor precisam ter mais atenção? Na pré-escola e nos quatro primeiros anos do ensino fundamental, pois é nessa época que tanto as dificuldades como os transtornos aparecem e também é a ocasião mais propícia para modificar essa situação, dada a rapidez de desenvolvimento físico e mental que se dá.

4. Qual a importância de descobrir o transtorno o quanto antes? Evitam-se as questões de cunho emocional que surgem em decorrência do constante fracasso na aprendizagem, assim como o agravamento do quadro decorrente da aprendizagem falha, empobrecida.

5. Qual a melhor maneira de orientar e ajudar a criança a “se livrar” do problema? Cabe aos professores e profissionais da escola, além, é claro, dos familiares, acompanharem o crescimento e o desenvolvimento de suas crianças e, ao menor sinal de problema de aprendizagem, procurar verificar as causas e consultar um profissional.

Leila Bambino
leilabam@terra.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

EU AMO CACHORROS

EU AMO CACHORROS
MINHA FILHOTA BABY

Visitas Recentes